Tag Arquivo para Aline Valek

“Galileu” Inclui “Glória Sombria” em Recomendação de FC Nacional

A versão online da revista de divulgação científica Galileu publicou em 4 de maio uma lista de ficção científica brasileira recomendada pela redação. A lista inclui Glória Sombria: A Primeira Missão do Matador (Devir Brasil, 2013), primeiro romance da série As Lições do Matador, de Roberto Causo.

 

Arte de capa de Lambuja.

A postagem acompanha uma edição nas bancas, com matéria de capa sobre ficção científica assinado por Nathan Fernandes, a Galileu N.º 322. A revista tem uma diagramação moderna e arejada, inspirada na americana Wired. A matéria foi editada por Giuliana de Toledo, a editora-chefe da publicação, e é centrada no argumento de que a ficção científica representa a realidade presente e é um instrumento importante para compreendê-la, em especial nas suas questões políticas e sociológicas. De fato, o artigo discute basicamente as tradições da utopia e distopia, citando, entre vários, Cláudia Fusco, Nelson de Oliveira, Manuel da Costa Pinto e os professores Carlos Berriel e Esther Solano.

A capa feita pelo artista Lambuja tem a rica iconografia da ficção científica na literatura e no cinema explodindo das páginas de um livro incendiado. Referência direta ao clássico distópico Fahrenheit 451 (1953) de Ray Bradbury, que, desde a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos, voltou a ser best-seller juntamente com 1984 (1949), de George Orwell. Noutra parte da revista, a coluna “Tubo de Ensaios”, o psiquiatra Daniel Barros também aborda a FC, muito apropriadamente, inclusive, destacando sua amplitude ilimitada.

A matéria online traz o título “8 Livros para Conhecer a Ficção Científica Brasileira” e a interessante chamada: “Do steampunk à space opera, produção nacional trabalha problemas da sociedade com um fundo de ciência.” É muito raro que esse tipo de recomendação parta de uma publicação como a Galileu, voltada para ciência e tecnologia junto a leitores mais jovem.

Sobre Glória Sombria, a postagem no site Galileu Online diz: “A obra de Roberto de Sousa Causo acompanha a atuação do tenente Jonas Peregrino na Esquadra Latinoamericana do século 25. O oficial deverá enfrentar seus próprios limites e as divisões internas das Forças Armadas para treinar uma unidade de elite que combata os tardais, alienígenas que ameaçam dizimar um planeta.”

A seleção é rica, eclética e bastante atual. Os títulos elencados são:

1. O Caçador Cibernético da Rua Treze, de Fábio Kabral.

2. Eros Ex Machina: Robôs Sexuais, de Luiz Bras, ed. (a única antologia listada)

3. Trilogia Padrões de Contato, de Jorge Luiz Calife.

4. Deixe as Estrelas Falarem, de Lady Sybylla.

5. A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison, de Enéias Tavares.

6. Glória Sombria, de Roberto de Sousa Causo.

7. V.I.S.H.N.U., de Eric Asher, Ronaldo Bressane & Fabio Cobiaco (o único romance gráfico listado).

8. As Águas Vivas Não Sabem de si, de Aline Valek.

 

Sem comentários até agora, comente aqui!