Tag Arquivo para Nelson de Oliveira

“Shiroma, Matadora Ciborgue” resenhado no último “Guia da Folha”

Shiroma Matadora Ciborgue

Arte de capa: Vagner Vargas

O renomado escritor Nelson de Oliveira, autor dos romances Poeira: Demônios e Maldições e Subsolo Infinito, fez uma resenha da coletânea Shiroma, Matadora Ciborgue (Devir Brasil, 2015), de Roberto Causo. A resenha apareceu no “Guia Livros, Discos, Filmes” da Folha de S. Paulo, edição de 30 de abril de 2016. Essa foi, infelizmente, a última edição do guia, criado para a Folha pelo crítico literário Manuel da Costa Pinto. Enquanto existiu, o guia escalava personalidades literárias e artísticas de importância reconhecida para escrever resenhas breves de obras nacionais e estrangeiras. Vai deixar saudades.

Na resenha, Nelson de Oliveira escreve: “A capa não deixa dúvidas: um livro de ficção científica. Para piorar: de um autor brasuca. Um autor insistente — afinal, Roberto de Sousa Causo vem publicando regularmente, aqui e lá fora, desde 1989.

“Na cabeça de muito leitor, a insistência na ficção científica (assunto de gringo?) só pode significar uma coisa: dólares, centenas de milhares. Garantimos que não. O autor não enriqueceu, longe disso. Mas conquistou posição central no círculo mais externo de nossa literatura. Porque a ficção científica, saibam, sempre foi a nossa ‘literatura’ marginal.

“Shiroma é uma pós-humana: uma garota geneticamente aperfeiçoada, com implantes biocibernéticos e inteligência incomum. É também uma das personagens femininas mais interessantes da contística atual, em tempos de igualdade de gênero e empoderamento da mulher. Ela protagoniza 11 contos de ação e reflexão, em que se entrelaçam perenes conflitos sociais e morais, tangidos por uma tecnologia ‘indistinguível da magia’, como diria Arthur C. Clarke.”

 

O último guia

O último guia

Sem comentários até agora, comente aqui!

Pronta a ilustração de capa de Shiroma, Matadora Ciborgue

Vagner Vargas, o mais experiente e completo artista brasileiro de ficção científica, entregou em 23 de outubro a ilustração de capa de Shiroma, Matadora Ciborgue, o primeiro livro da série de mesmo nome, escrita por Roberto Causo.

Com onze histórias — cinco inéditas, sendo três delas noveletas –, o livro traz a primeira fase das aventuras de Shiroma, uma ciborgue de cibersistemas secretos, e uma assassina relutante com proezas realizadas na Terra e em outros mundos das três Zonas de Expansão Humana.

A pintura digital de Vargas traz a heroína em pose dinâmica, agindo dentro de uma estação orbital ou espaçonave, com um planeta ao fundo. A arte captura não apenas as qualidades decisivas e determinadas de Shiroma, mas também a sua solidão e vulnerabilidade, a qualidade claro-escura de sua existência — justamente a tônica das histórias presentes neste seu primeiro livro.

Além da ilustração que virá na capa da coletânea de histórias, Vargas criou um logotipo especial para o título, com um head-up display no lugar do “O” de “SHIROMA”, sugerindo a natureza biocibernética da personagem.

Com diagramação eletrônica de Tino Chagas, o livro contará também com introdução de Nelson de Oliveira, em cujo “Projeto Portal” foram publicados os primeiros seis contos com a heroína, entre 2008 e 2010.

Shiroma, Matadora Ciborgue será lançado pela Devir Brasil em dezembro de 2015, na Comic Con Experience, em São Paulo.

Sem comentários até agora, comente aqui!