Comentando “Planeta Proibido” no Cine Clube Sci-Fi do SESC

Os pesquisadores Cláudia Fusco e Roberto Causo vão comentar uma exibição do filme clássico da era de ouro da ficção científica no cinema americano, Planeta Proibido (1956), no dia 18 de janeiro de 2020, um sábado. A exibição acontece no Cine Clube Sci-Fi do Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo.

 

 

Dirigido por Fred M. Wilcox e estrelado por Walter Pidgeon, Anne Francis e Leslie Nielsen, Planeta Proibido (Forbidden Planet) é um marco da ficção científica da década de 1950, tendo apresentado recursos visuais e música experimental inéditos, e pela seriedade do seu assunto, além de trazer para o mundo o robô Robby.

Planeta Proibido é tido como uma inspiração da posterior franquia Star Trek, criada por Gene Roddenberry, e trouxe para o jargão da FC o conceito do “Monstro do Id“, uma poderosa metáfora da ambição excessiva da humanidade. O filme também resultou em uma interessante adaptação literária por W. J. Stuart.

A exibição desse clássico acontece no sábado dia 18 de janeiro de 2020, no Cine Clube Sci-Fi do Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo. O endereço é Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4.º andar, Bela Vista – São Paulo-SP. Horário: das 10h00 às 13h00. A entrada é franca. Mais informações no site do cine clube, por meio do qual é possível fazer a inscrição antecipada.

 

Abaixo, informações do site:

Cláudia Fusco é jornalista e mestre em Science Fiction Studies pela Universidade de Liverpool, Inglaterra. É pesquisadora de mitos, folclore, contos de fadas e literatura especulativa. Colaborou para o especial de ficção científica da revista Mundo Estranho e foi colunista do site Contraversão, escrevendo semanalmente. Já participou de conferências internacionais. Ministrou aulas na USP, Casa do Saber.

Roberto Causo é doutor em Letras pela USP, tradutor, editor, escritor. Tem contos publicados em 12 países. É ganhador do Projeto Nascente e finalista do primeiro concurso nacional de ficão científica, o Prêmio Jeronymo Monteiro. Escreve ficção científica, fantasia e horror, e já organizou sete antologias, dentre elas Dinossauria Tropicalia e Estranhos Contatos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *