Tag Arquivo para Duda Falcão

As Lições do Matador no Multiverso Pulp da AVEC Editora

Em 4 de setembro de 2019, o editor Duda Falcão divulgou os contos selecionados para a antologia Multiverso Pulp 2: Ópera Espacial, a ser publicada oportunamente pela AVEC Editora. Entre os selecionados está “Garimpeiros”, e Roberto Causo, conto pertencente à série As Lições do Matador.

 

“Garimpeiros” abre um novo ciclo das aventuras do oficial Jonas Peregrino, nas Lições do Matador. O novo ciclo, chamado por Causo de “Serviço Colonial“, é anterior aos dois ciclos já existentes, Pré-Retração Tadai (desenvolvido com a publicação de romances) e Pós-Retração Tadai (desenvolvido com noveletas publicadas em diversas antologias). Em “Serviço Colonial”, Peregrino é um jovem segundo-tenente iniciando sua carreira como o faz-tudo da Capitã Margarida Bonadeo, comandante do destróier NLA-91 Noronha da Esquadra Latinoamericana Colonial.

As situações de “Garimpeiros” foram mencionadas em um flashback de Peregrino em Glória Sombria: A Primeira Missão do Matador (Devir Brasil, 2013). No conto, essas situações são desdobradas e dramatizadas em sua totalidade: um grupo latino-americano de mineradores de asteroides recebe a tarefa punitiva e potencialmente fatal de trabalhar em um asteroide próximo demais do vento solar emitido por uma estrela muito ativa. Eles pedem socorro, e o destróier Noronha responde ao apelo. A Capitã Bonadeo envia o Tenente Peregrino para avaliar a situação, no mesmo instante em que naves de uma potência rival surgem no sistema para bloquear qualquer ajuda. Peregrino é forçado a lidar com o pânico dos mineradores — e com a malícia dos seus dirigentes.

Arte de capa de Fred Macedo.

Causo já havia publicado uma história das Lições do Matador com Duda Falcão e seu colega editor da Argonautas Editora, Cesar Alcázar, “Tengu e os Assassinos” (2013), parte do Ciclo Pós-Retração Tadai. Essa noveleta saiu na antologia Sagas Volume 4: Odisseia Espacial, da Argonautas (ao lado), dentro de um projeto semelhante ao Multiverso Pulp de Falcão com a AVEC. Inicialmente, o criador do Universo GalAxis imaginava que o Ciclo Serviço Colonial fosse desenvolvido futuramente como histórias em quadrinhos, mas o surgimento do projeto Multiverso Pulp ofereceu uma oportunidade boa demais para dar início ao ciclo.

Os colegas de Causo no livro serão os escritores Caliel Alves, Diego Mendonça, Mélani Sant’AnaOtávio Definski, Rafael Da Silva Fontoura, Tarcisio Lucas Hernandes PereiraTassi ViebrantzTiago Rech e o próprio Duda Falcão. A relação completa dos textos selecionados para a antologia original Multiverso Pulp 2: Ópera Espacial você encontra aqui. Note a arte de capa de Fred Macedo, no melhor estilo quadrinhos de aventura e ficção científica, e com um traço fino que lembra o do mestre brasileiro Watson Portela e com o aspecto vintage do artista americano Michael Kaluta. Macedo foi o capista das antologias da série Sagas, na Argonautas.

 

 

Nova arte de Fred Macedo, num ensaio de capa usado na divulgação dos autores selecionados.

 

Sem comentários até agora, comente aqui!

“Mestre das Marés” É Finalista do Prêmio Odisseia

Aconteceu no dia 25 de agosto a cerimônia de revelação e entrega do Prêmio Odisseia de Literatura Fantástica 2019, parte do evento que tem o mesmo nome e que acontece desde 2013 na cidade de Porto Alegre. O romance Mestre das Marés foi um dos finalistas da categoria Narrativa Longa Ficção Científica.

 

O encontro de autores e fãs de ficção científica e fantasia Odisseia de Literatura Fantástica foi criado em 2013 pelos escritores Duda Falcão, Christian David, Cesar Alcázar e Christopher Kastensmidt, inspirado no Fantasticon, de São Paulo, fundado pelo editor Silvio Alexandre. Sempre com uma aura democrática e aberta, a Odisseia já teve convidados internacionais e reúne gente do Brasil todo.

Neste ano, os organizadores decidiram criar um prêmio anual para a produção nacional de ficção especulativa, escolhendo o melhor dentre os inscritos, todos publicados originalmente no ano anterior. As categorias são várias e dão o melhor instantâneo possível dessa produção. O prêmio foi entregue no último dia (25 de agosto) da VI Odisseia de Literatura Fantástica.

Fotografia de Daniel Folador Rossi.

Mestre das Marés, o segundo romance da série As Lições do Matador, lançado em 2018 pela Devir Brasil, foi um dos três finalistas na categoria Narrativa Longa Ficção Científica. O autor Roberto Causo foi representado na cerimônia de entrega por sua agente literária, Gabriela Colicigno, da Agência Magh. O livro que ganhou nessa categoria foi o elogiado romance Corrosão, de Ricardo Labuto Gondim. Causo ficou muito feliz, de qualquer modo, com o status de finalista na primeira edição da nascente premiação.

Veja abaixo a lista de ganhadores e de finalistas (fonte: FCBlog).

 

Narrativa LONGA Literatura Juvenil
Ana Lúcia Merege – Orlando e o Escudo da Coragem – Editora Draco.
Juliana Feliz – As Cinzas de Altivez – Midiograf.
Miriam N. Dohrn – Detektis – SGuerra Design.

Narrativa LONGA Horror
Carolina Mancini – Nihil – Editora Estronho.
Danilo Correa – Sob a Escuridão – Cervus Editora.
Pablo Amaral Rebello – Peixeira & Macumba – Independente.

Narrativa CURTA Horror
Isabor Quintiere – Madres – Editora Escaleras.
André Balaio – O Lado de lá – Editora Patuá.
Marcelo Augusto Galvão – Sombras no Coração – Independente.

Narrativa LONGA Ficção Científica
Ricardo Labuto Gondim – Corrosão – Editora Caligari.
Luiz Mauricio Azevedo Silva – Pequeno Espólio do Mal – Editora Figura de Linguagem.
Roberto de Sousa Causo – Mestre das Marés – Editora Devir.

Narrativa CURTA Ficção Científica
Saulo Adami – A Invasão dos Macacos – Editora DTX.
Alexandre Veloso de Abreu – A Necronauta – Editora Scriptum.
Fábio Fernandes e Nelson de Oliveira – Oneironautas – Editora Patuá.

Narrativa LONGA Fantasia
Paola Siviero – O Auto da Maga Josefa – Dame Blanche.
Simone Saueressig – De Ferro e de Sal – Independente.
Yasmim Naif Amin Mahmud Kader – Caçada às Estrelas da Noite: Sob o Céu da Noite Eterna I – Independente.

Narrativa CURTA Fantasia
Gabriel Cianeto – Oceano Sorvete de Uva – Editora Multifoco.
Deise Soares Ferraz de Vargas – A Ponte de Paladinos – Independente.
Marcelo Bighetti – Sacrifício Consumado – Independente.

Roberto Causo agradece a Gabriela Colicigno por representá-lo no evento, e a Daniel Folador Rossi pela autorização para o uso da sua fotografia.

Sem comentários até agora, comente aqui!