As Histórias

As Lições do Matador

 

Glória Sombria: A Primeira Missão do Matador

Descrição: livro ambientado antes da Retração Tadai. Finalista do Prêmio Argos 2014, promovido pelo Clube de Leitores de Ficção Científica. Transferido para a Esfera, onde os humanos e membros de diversas raças alienígenas são fustigados por naves-robôs, o Tenente Jonas Peregrino enfrentará não apenas os seus próprios limites, mas as divisões internas dentro das Forças Armadas.

Peregrino era só mais um oficial júnior da Patrulha Colonial, no distante século 25. Sua carreira parecia condenada à mediocridade, até que suas capacidades para o planejamento de operações especiais chamam a atenção do comandante máximo da Esquadra Latinoamericana na Esfera, a maior área em conflito que a humanidade encontrou em seu avanço pelos braços da Via Láctea.

Enquanto os obstáculos se acumulam, é preparada a primeira missão do matador trazido para a Esfera: formar uma nova unidade de elite, os Jaguares, e evacuar um planeta duplo ameaçado de destruição total pelas naves-robôs dos tadais — alienígenas implacáveis que nunca mostram a sua verdadeira face. Mas como ser um matador, se o inimigo se esconde atrás de enxames de naves-robôs?

Comandados por Jonas Peregrino, os Jaguares partem para Tukmaibakro, um sistema estelar onde eles serão testados até ao limite das suas forças, e de seu senso de dever e honra.

Cronologicamente, Glória Sombria é a primeira aventura de Jonas Peregrino.

[Leia os dois primeiros capítulos de Glória Sombria  aqui ]

“Descida no Maelström”

Descrição: Noveleta primeiro publicada em Futuro Presente: Dezoito Ficções sobre o Futuro (Editora Record, 2009), antologia organizada por Nelson de Oliveira. Ambientada depois da Retração Tadai.

Por ter sido o único humano a matar os alienígenas tadais em combate, Jonas Peregrino participa de uma operação especial euro-russa contra uma base tadai secreta. A base flutua no olho de um furacão perene que se retorce na turbulenta atmosfera de Phlegethon, um planeta gigante gasoso localizado nas profundezas da Esfera. Essa tempestade perene é como a Grande Mancha Vermelha de Júpiter, e a jornada de Peregrino até ela resulta em traições, na descoberta de uma câmara de horrores high-techs, e de aliados surpreendentes.

“Descida no Maelström” — cujo título homenageia o famoso conto de Edgar Allan Poe, “Uma Descida no Maelstrom” (1841) — foi a primeira aventura de Jonas Peregrino a ser publicada.

“Trunfo de Campanha”

Descrição: Noveleta primeiro publicada em Assembleia Estelar: Histórias de Ficção Científica Política (Devir Livraria, 2010), antologia organizada por Marcello Simão Branco, com capa de Vagner Vargas. Ambientada depois da Retração Tadai.

No planeta Cantares, sede da Esquadra Latinoamericana da Esfera, Jonas Peregrino convalesce dos ferimentos recebidos no planeta Phlegethon, quando é convidado para uma entrevista com Fátima Feldman, assessora de assuntos militares do Governador Estelar Esteves Mangabeira. Peregrino não sabe por que o Almirante Túlio Ferreira autorizou a entrevista — nem que sua popularidade nas diversas Zonas de Expansão Humana o torna um trunfo político em potencial, agora que a Esfera está para se tornar a Zona 4 de Expansão. Com Peregrino a bordo de um hotel flutuante entre as nuvens de Cantares, Fátima Feldman tem a tarefa de convencê-lo a aceitar o convite de Esteves Mangabeira para apoiá-lo na eleição vindoura para Chanceler da Latinoamérica. Peregrino descobre é até onde Fátima e Mangabeira estão dispostos a ir, para tê-lo do seu lado durante a campanha.

 

“A Alma de um Mundo”

Descrição: Noveleta primeiro publicada em Space Opera: Jornadas Inimagináveis em uma Galáxia não muito Distante (Editora Draco, 2012), antologia organizada por Hugo Vera & Larissa Caruso, com capa de Hugo Vera. Ambientada depois da Retração Tadai.

Uma Força Tarefa pertencente à Esquadra Latinoamericana da Esfera, é enviada ao sistema HOPS-2428 — chamado de Afssel-Mssadohr junto ao Povo de Riv, uma das espécies alienígenas mais atuantes da Esfera. Dela faz parte o Capitão Jonas Peregrino, enviado secretamente pelo Almirante Túlio Ferreira para atender a uma grave solicitação dos militares do Povo de Riv: resgatar um grupo de refugiados alienígenas conhecidos como fahdari-gohr — uma espécie que pode representar a chave da origem dos temidos tadais — do cerco dos Minutemen, uma casta de implacáveis soldados ciborgues a serviço da Aliança Transatlântico-Pacífica, conhecidos como “os humanos mais perigosos da galáxia”.

Contudo, Afssel-Mssadohr pode conter um segredo ainda mais antigo e espantoso: um estranho ser transdimensional que nasce e cresce nas altíssimas pressões encontradas no núcleo de um planeta em formação — “A Alma de um Mundo”, das lendas milenares dos fahdari-gohr.

Space Opera: A Alma de um Mundo

Descrição: Versão eBook da noveleta “A Alma de um Mundo”, em edição para Kindle (Editora Draco, 2013, 188 KB). A edição traz um posfácio especial escrito pelo autor. Ambientada depois da Retração Tadai.

Mesmo cansado da guerra, o Capitão Jonas Peregrino é enviado secretamente pelo Almirante Túlio Ferreira ao sistema HOPS-2428 (“Afssel-Mssadohr”, para o Povo de Riv), atendendo a uma grave solicitação dos militares do Povo de Riv: resgatar um grupo de refugiados alienígenas conhecidos como fahdari-gohr — uma espécie que pode representar a chave da origem dos temidos tadais — do cerco dos Minutemen, uma casta de implacáveis soldados ciborgues a serviço da Aliança Transatlântico-Pacífica, e conhecidos como “os humanos mais perigosos da galáxia”. Mas Afssel-Mssadohr pode conter um segredo ainda mais antigo e espantoso: um estranho ser transdimensional que nasce e cresce nas altíssimas pressões encontradas no núcleo de planetas em formação — “A Alma de um Mundo” das lendas milenares dos fahdari-gohr.

Disponível para compra na Amazon.br.

 

“Tengu e os Assassinos”

Descrição: Noveleta primeiro publicada na antologia Sagas Volume 4: Odisseia Espacial (Argonautas Editora; abril de 2013), com capa de Fred Macêdo. Ambientada depois da Retração Tadai.

Jonas Peregrino e um grupo de soldados de elite do Destacamento Roquet de Forças Especiais são enviados ao planeta Fruto do Sol, na Zona 3, fora da Esfera, para uma missão de proteção e resgate de VIP. Trata-se uma Harumi Harai, uma jovem mulher ameaçada pela casa real niponesa que reina sobre a colônia de Fruto do Sol, um mundo arrendado aos humanos pelos alienígenas tuiutineses. Peregrino e seus comandados, após uma agourenta escaramuça espacial, correm contra o tempo — um trio de assassinos ciborgues já está a caminho para matar Harumi.

Para salvá-la, ele conta apenas com sua própria sagacidade, e com a ajuda de Primsak — um alienígena amigo de Harumi, mas forçado a obedecer o rígido código de não interferência dos tuiutineses.

 

 

Shiroma, Matadora Ciborgue

 

Shiroma, Matadora Ciborgue

 

Descrição: livro de histórias ambientadas antes e depois da Retração Tadai, com capa de Vagner Vargas, introdução de Nelson de Oliveira e logotipos de Daniel AbrahãoSequestrada ainda criança, Bella Nunes é o protótipo de um novo tipo de ciborgue com sistemas biocibernéticos supereficientes e indetectáveis. Sob o controle de um misterioso casal de criminosos, ela cresce para se tornar a temida matadora de aluguel e espiã Shiroma, protagonista de uma série de histórias primeiro publicadas no Projeto Portal, uma coleção de seis revistas de ficção científica editadas pelo consagrado escritor Nelson de Oliveira.

As seis primeiras histórias de Shiroma — somadas a mais cinco narrativas inéditas, dois contos e três noveletas — estão reunidas neste livro, de forma ampliada e compondo um arco narrativo completo, com a fase inicial das aventuras da personagem nas três Zonas de Expansão Humana pela Via Láctea.

As dramáticas ações de Shiroma conduzem o leitor por uma galáxia repleta de intriga, violência explosiva e crime. Reunindo todas as aventuras da personagem escritas entre 2008 e 2015, o livro é parte do mesmo universo ficcional das Lições do Matador, protagonizado por Jonas Peregrino, herói de Glória Sombria.

 

“Rosas Brancas”

Descrição: Conto primeiro publicado na revista Portal Solaris (julho de 2008), editada por Nelson de Oliveira, com capa de Teo Adorno. Ambientado na Terra, antes da Retração Tadai. Narra o sequestro da menina Bella Nunes, de cinco anos, pelo casal de mercenários, Tera e Tiago. A maior parte da narrativa se desenrola sob o ponto de vista de sua mãe, Mara Nunes, enquanto ela obedece aos sequestradores, obtendo dados cruciais da pesquisa secreta do cientista chefe da empresa Trans-H-Utilidades de sistemas biocibernéticos, e foge das forças policiais. O movimentado conto, com diversos momentos de ação, é dedicado ao escritor americano Philip K. Dick (1928-1982).

Posteriormente publicado na revista Trasgo N.º 3 (junho de 2014), editada por Rodrigo van Kampen, com capa de Kelly Santos. Substancialmente reescrito, após a publicação original. Disponível em http://trasgo.com.br/rosas-brancas . E finalmente, no livro de contos Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas.

 

“Concha do Mar”

Descrição: Conto primeiro publicado na revista Portal Neuromancer (dezembro de 2008), editada por Nelson de Oliveira, com capa de Teo Adorno. Ambientado antes da retração tadai. “Concha do Mar” narra a aventura de uma Bella Nunes agora com quinze anos, em um planeta anônimo onde ela foi jogada para passar por um teste de sobrevivência. Conta como ela encontrou, em uma ilha desse mundo, uma concha do mar que passa a simbolizar a sua angústia íntima com o sequestro. Na mente de Shiroma, sua mãe passa a habitar, como uma voz incorpórea, o interior da concha. O conto é dedicado à escritora brasileira Zora Seljan (1918-2006). Também publicado no livro de contos Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas.

 

“O Novo Protótipo”

Descrição: Conto primeiro publicado na revista Portal Stalker (julho de 2009), editada por Nelson de Oliveira, com capa de Teo Adorno. Ambientado na Terra, antes da Retração Tadai. Bella Nunes está disfarçada no Bairro da Liberdade, em São Paulo, Brasil, para realizar o seu primeiro assassinato. Ela tem agora 18 anos, e caça pela paisagem quase cyberpunk da Liberdade, um homem que matou 82 missionários para roubar seus seguros de vida e seu material genético. É em “O Novo Protótipo” que Bella Nunes assume o seu codinome “Shiroma”, e é nessa aventura que ela planeja pela primeira vez libertar-se do controle dos  mercenários Tera e Tiago. O conto é dedicado ao pioneiro da ficção científica brasileira, Rubens Teixeira Scavone (1925-2007). Também publicado no livro de contos Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas.

 

“Cheiro de Predador”

Descrição: Conto primeiro publicado na revista Portal Fundação (dezembro de 2009), editada por Nelson de Oliveira, com capa de Teo Adorno. Ambientado às vésperas da Retração Tadai. “Cheiro de Predador” mostra Shiroma um pouco mais senhora de si como matadora, ao penetrar, com a ajuda de dois alienígenas gneifohros, a segurança de um mundo altamente vigiado, Polar 2, na Zona 2 de Expansão Humana. Sua busca a leva a um confronto com o seu alvo, em um bar frequentado por astronautas. Apenas o olfato dos gneifohros é capaz de identificá-lo com segurança — mas apenas as habilidades de Shiroma a farão sair de Polar 3 com vida. “Cheiro de Predador” é dedicado a outro pioneiro da FC brasileira, Fausto Cunha (1923-2004). Também publicado no livro de contos Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas.

 

“Elocução Final”

Descrição: Conto primeiro publicado na coletânea Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), como capa de Vagner Vargas. Ambientado depois da Retração Tadai. Em “Elocução Final”, Shiroma está na cidade de Lucas, no planeta Gillett House, na Zona 3 de Expansão Humana. Sua missão é recuperar o cérebro do chefe de uma larga operação de contrabando, morto por outro assassino, para que informações importantes sejam recuperadas por um cientista e seu método novo e revolucionário, baseado em teorias de linguística e biologia quântica. Mas o que parece ser uma missão moralmente menos estressante do que as outras para Shiroma, revela-se uma das mais perigosas. Nela, além dos seguranças do cientista, Shiroma tem de lidar também com Tera, que pela primeira vez a acompanha em uma operação em terra. O primeiro conto inédito incluído em Shiroma, Matadora Ciborgue, “Elocução Final” é dedicado ao escritor e editor Paulo Soriano.

Também foi publicado na antologia de Paulo Soriano & Valentim Fagim, A Voz dos Mundos (2016), lançada na Galícia pela Através Editora, com capa de Xúlio Zé Fernández.

 

A antologia "A Voz dos Mundos"

A antologia “A Voz dos Mundos”

 

“Arribação Rubra”

Descrição: Conto primeiro publicado na revista Portal 2001 (julho de 2010), editada por Nelson de Oliveira, com capa de Teo Adorno. Ambientado depois da Retração Tadai. Em “Arribação Rubra”, a nave de Shiroma se torna náufraga em um ponto obscuro do planeta Reiboro, na Zona 3, quando o seu veículo é sabotado a caminho de uma nova missão. Sozinha, enfrentando uma sufocante crise alérgica que poderá matá-la, e com uma implacável pirata espacial no seu encalço, Shiroma tem um reencontro com o seu antigo eu. E conclui que a sua relação com o casal de mercenários Tera e Tiago tem que acabar, se ela deseja em ser livre outra vez. Ou simplesmente continuar viva. “Arribação Rubra” é dedicado ao escritor Domingos Carvalho da Silva (1915-2004). Também publicado no livro de contos Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas.

 

“Os Fantasmas de Lemnos”

Descrição: Conto primeiro publicado na coletânea Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas. Ambientado depois da Retração Tadai. O segundo conto inédito incluído em Shiroma, Matadora Ciborgue, “Os Fantasmas de Lemnos” é ambientado em Jason, no planeta Argos, na Zona 3. Nas imediações de Jason foram descobertos restos arqueológicos de uma misteriosa civilização exclusivamente feminia que inspira um movimento moderno ginocentrista liderado pela radical Cybele Stasinopoulos. Enquanto Shiroma, disfarçada de jornalista, está no sítio arqueológico conversando com o xenoarqueólogo Yoshio Teh, o lugar é atacado pelas seguidoras de Stasinopoulos, fazendo-a refém e precipitando ações que colocam Shiroma em perigo. “Os Fantasmas de Lemnos” é dedicado ao artista Vagner Vargas, cuja arte “Possessão Alienígena” inspirou o conto.

“Homem de Lata”

Descrição: Noveleta primeiro publicada na coletânea Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas. Ambientada depois da Retração Tadai, “Homem de Lata” traz Shiroma novamente disfarçada de jornalista, agora em Wellsalia, uma cidade-parque temático localizada no planeta Flammarion, na Zona 3. No caminho, ainda no espaçoporto local, Shiroma se aproxima da atriz Lena Varkashian e se intera do projeto de comunicações do criador de Wellsalia, Rolff Wudrich, envolvendo uma série holográfica a ser distribuída em todas as Zonas de Expansão Humana. Mas o contato com Wudrich no seu palácio flutuante reserva terríveis surpresas a Shiroma, surpresas que a fazem imaginar que Tera e Tiago lhe prepararam uma nova emboscada. Nessa história e pela primeira vez, Shiroma se depara com a organização criminosa T’ien-Ti-Hwey da Era Galáctica. A noveleta é dedicada ao escritor brasileiro Saint-Clair Stockler (1972-2013).

“A Extração”

Descrição: Noveleta primeiro publicada na coletânea Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas. Ambientada depois da Retração Tadai. Shiroma está em Yukon, planeta gelado situado na Zona 3, na fronteira com a Esfera. Ela está lá para matar o General Northrop Traviss, conhecido como “Carniceiro de Regulus B” — e durante um amplo exercício militar dos ciborgues Minutemen. Diferentemente de todas as outras histórias da heroína, “A Extração” é vivenciada inteiramente sob o ponto de vista de outro personagem, o embaixador da Latinoamérica Silvano Vieira de Mello, que está em Yukon em missão investigativa para entrevistar Traviss sobre os seus crimes. Com a morte de Traviss sob as barbas dos poderosos Minutemen, Mello tem de usar as suas habilidades de negociador para garantir a sua saída e a do seu pessoal, do planeta.

Também publicada no Somnium N.º 112, o fanzine eletrônico do Clube de Leitores de Ficção Científica, com edição de Ricardo Miranda e capa de Marcelo Bighetti.

 

Somnium 112

Somnium 112

 

“Tempestade Solar”

Descrição: Conto primeiro publicado na revista Portal Fahrenheit  (dezembro de 2010), editada por Nelson de Oliveira, e posteriormente na antologia Todos os Portais: Realidades Expandidas (Terracota Editora, novembro de 2012), também editada por Oliveira, e também com capas de Teo Adorno. Ambientado depois da Retração Tadai. Shiroma se expõe a uma tempestade solar, quando aborda um asteroide em Epsilon Crucis, na Zona 3, constelação do Cruzeiro do Sul. No asteroide ela combate robôs para invadir um laboratório médico e de engenharia genética clandestina. “Tempestade Solar” oferece um confronto final entre Shiroma e o casal de mercenários que a treinaram durante anos para ser uma assassina profissional — e com o retorno de uma figura emblemática vista apenas no primeiro conto da série, “Rosas Brancas” –, fornecendo assim uma conclusão para a primeira fase das aventuras da jovem trans-humana. O conto presta homenagem à pioneira da ficção científica brasileira, Dinah Silveira de Queiroz (1911-1982).

Também publicado no livro de contos Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas.

 

 

“Renegada”

Descrição: Noveleta primeiro publicada na coletânea Shiroma, Matadora Ciborgue (dezembro de 2015), com capa de Vagner Vargas. Ambientada depois da Retração Tadai, a história tem Shiroma recuperando-se do banho de radiação sofrido em “Tempestade Solar”. Seu refúgio é a sofisticada base de Tera e Tiago, montada sigilosamente em um planeta anônimo, desgarrado de sua estrela-mãe e vagando no abismo entre os sistemas planetários. Pela primeira vez, Shiroma acredita que está livre do jugo do casal de criminosos que a sequestrou quando ela tinha apenas 5 anos de idade — mas a chegada de uma nave com um grupo de captura a faz ver que ela ainda tem um último combate a travar. “Renegada” fecha o primeiro ciclo de aventuras de Shiroma, e é dedicado ao escritor alemão de space opera Walter Ernsting (1920-2005).