Pronta a arte de frontispício de “Mestre das Marés”

“Mestre das Marés”, o segundo romance da série As Lições do Matador, terá nova arte de frontispício. A imagem mostra uma espaçonave da classe “Jaguar”, a paisagem de um planeta devastado, e a insígnia do 28.º Grupo Armado de Reconhecimento Profundo, os “Jaguares”.

Firedrake Gamma-M é um planeta joviano atingido pelo jato relativístico de um buraco negro de 500 massas solares.

Para os cientistas humanos, essa estrela desmoronada sobre si mesma e com altíssima densidade era chamada informalmente de Firedrake, o dragão que respira fogo. Os alienígenas conhecidos como o Povo de Riv têm outro nome para ele: Agu-Du’svarah, “O Mestre das Marés”.

Quando uma estação internacional de pesquisa é atacada pelas naves-robôs dos misteriosos alienígenas chamados tadais, o Capitão Jonas Peregrino e os seus Jaguares são enviados para resgatar os sobreviventes. Mas os cientistas encontraram uma impossível máquina tadai instalada nos subterrâneos do planeta em que se refugiaram, um mundo devastado pela maior força energética conhecida no universo: o jato relativístico de partículas aceleradas pela dinâmica do buraco negro.

A arte digital em tons de cinza é de R. S. Causo, e a insígnia dos jaguares é criação do designer Daniel Abrahão. A nave obedece às soluções de design do pincel digital de Vagner Vargas.

 

Arte de R. S. Causo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *